Advocacia Colaborativa

A prática colaborativa no direito é uma alternativa eficiente e responsável de resolução de conflitos, sem recurso ao judiciário. O que se busca nesta modalidade de atuação é a negociação de um acordo sustentável no tempo para as partes envolvidas em um conflito, seja ele familiar ou empresarial.

O trabalho poderá ser realizado por uma equipe multidisciplinar formada por advogados, psicólogos e conselheiros financeiros, que atuam de forma compartilhada, porém resguardando o interesse de seus clientes.

Em um ambiente de cooperação e respeito, tal equipe fornece suporte emocional, financeiro e jurídico para as partes envolvidas, possibilitando uma escolha consciente e equilibrada para a resolução de suas questões.

A atuação direta do cliente é um excelente diferencial nesta modalidade de serviços, assim como a vivência de menos desgastes, pois o tempo estimado para o alcance de um acordo é significativamente inferior ao litígio judicial.

Em especial, os advogados colaborativos são agentes facilitadores da negociação e agem no interesse do seu cliente, assumindo o compromisso de não litigar. Tal compromisso é formalizado mediante um termo de confidencialidade e não litigância.

Somos membros do Instituto Brasileiro de Práticas Colaborativa (IBPC) e da Academia Internacional de Profissionais Colaborativos (International Academy of Collaborative Professionals – IACP).

Saiba mais: www.praticascolaborativas.com.br, www.globalcollaborativelaw.com e www.collaborativepractice.com